Mal-estar, sofrimento e sintoma

25.04.2015

Guia da Folha | Folha de S.Paulo
da Redação

Em parceria com Vladimir Safatle e Nelson da Silva Jr., Christian Dunker conduz na USP o Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise (Latesfip), que hoje se afigura como uma das mais vigorosas e renovadoras inserções do pensamento lacaniano no Brasil. E isso sem sucumbir ao “discurso universitário”, no sentido pejorativo tão criticado pelo próprio Lacan .

É o que se vê por este novo livro de Dunker, em que crítica e clínica se articulam numa densa “psicopatologia do Brasil entre muros” – análise dos “condomínios” que regem a vida social e psíquica contemporânea. De pesadelo distópico de Godard, Alphaville entre nós vira sonho de consumo e lógica de autofechamento narcísico e exclusão.

Este livro essencial traz também uma releitura psicanalítica do cinema da Retomada e do perspectivismo ameríndio (teoria antropológica de Eduardo Viveiros de Castro) e uma reconstrução das etapas e sentido “sintomático” da psicanálise no Brasil da ditadura à redemocratização.