Notícias (5276)

visualização: lista | detalhe
+
+
+
Biografia de Ruy Guerra será lançada em São Paulo e no Rio Maria do Rosário Caetano 05.08.2017 Revista de Cinema | Uol
 
Anita Leocádia Benário Prestes nasceu na enfermaria de uma prisão em Berlim, na Alemanha. Filha de Olga Benário Prestes, marcante militante comunista alemã presa, torturada e morta pelo regime nazista, e de Luís Carlos Prestes, outro grande nome do comunismo no Brasil, a historiadora, hoje com 80 anos, conviveu apenas 14 meses com a mãe, antes de ser levada da prisão por sua avó, Leocádia Prestes e sua tia, Lygia.
 
Anita teve sua vida ligada à...
+
Anita Leocadia Prestes: ‘Ela preferiu morrer a delatar os companheiros’ Bruno Gutierrez 05.08.2017 Diário do Litoral
 

Alguns pontos na participação de José Arthur Giannotti no lançamento do livro Nos que amávamos tanto O capital: leituras de Marx no Brasil, editora Boitempo, surpreendem pelo simplismo. Uma demonstração daquilo que Norberto Bobbio diz acerca do poder da ideologia que, segundo este, tanto serve para apreender e desvelar a realidade como servir de obstáculo ao seu conhecimento. Em um dado momento de sua fala ele foi enfático afirmando que sempre que houve supressão da propriedade privada dos meios...

+
Rumo divergente de um Leitor de “O capital” Jorge Alberto Benitz 05.08.2017 Sul 21
 

Alguns pontos na participação de José Arthur Giannotti no lançamento do livro Nos que amávamos tanto O capital: leituras de Marx no Brasil, editora Boitempo, surpreendem pelo simplismo. Uma demonstração daquilo que Norberto Bobbio diz acerca do poder da ideologia que, segundo este, tanto serve para apreender e desvelar a realidade como servir de obstáculo ao seu conhecimento. Em um dado momento de sua fala ele foi enfático afirmando que sempre que houve supressão da propriedade privada dos meios...

+
Rumo divergente de um Leitor de “O capital” Jorge Alberto Benitz 05.08.2017 Sul 21
 

Angela Davis é uma pensadora contemporânea, muito mais conhecida por sua trajetória política na década de 1970, que pela vivacidade de sua produção incessante e pertinente. Em sua autobiografia podemos observar o quanto sua personalidade visionária é marcadamente autocrítica, ciente do quanto sua trajetória inspira, mas que não é o que a define. Apesar de ser marcadamente reconhecida pela campanha Libertem, Angela Davis - que deu nome ao filme de Shola Lynch - e pelo lançamento da Boitempo Mulheres,...

+
10 mulheres negras, lésbicas e bissexuais inspiradoras A redação 04.08.2017 Preta, nerd e burning hell
 
Depois de São Paulo, as cidades de Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ) também promoveram o lançamento do livro “Cinco mil dias: o Brasil na era do lulismo”. Em cada atividade, os organizadores Juliano Medeiros e Gilberto Maringoni receberam convidados e alguns autores que contribuíram com a obra para uma conversa sobre a conjuntura política nacional e perspectivas para o futuro.
 
Na cidade gaúcha, o evento foi realizado dia 21 de julho e contou...
+
Cinco mil dias é lançado em Porto Alegre e Rio de Janeiro Rodolfo Vianna 04.08.2017 Fundação Lauro Campos
 

Este volume alentado voltado para a análise dos governos petistas (da posse de Lula, em 2003, ao impeachment de Dilma Rousseff, em 2016) é organizado pelo jornalista e professor Gilberto Maringoni, candidato ao governo de São Paulo pelo PSOL, e pelo historiador Juliano Medeiros, presidente da fundação Lauro Campos, ligada ao partido. São 43 ensaios escritos por 52 autores - de acordo com o prefácio dos organizadores, "intelectuais, ativistas, parlamentares e analistas políticos" de "variados matizes de esquerda".
...

+
Confira a indicação de Cinco mil dias pelo Valor Econômico Marina Della Valle 04.08.2017 Valor Econômico
 
Anita Leocádia Benário Prestes nasceu na enfermaria de uma prisão em Berlim, na Alemanha. Filha de Olga Benário Prestes, marcante militante comunista alemã presa, torturada e morta pelo regime nazista, e de Luís Carlos Prestes, outro grande nome do comunismo no Brasil, a historiadora, hoje com 80 anos, conviveu apenas 14 meses com a mãe, antes de ser levada da prisão por sua avó, Leocádia Prestes e sua tia, Lygia.
 
Anita teve sua vida ligada à...
+
‘Ela preferiu morrer ao delatar os companheiros’ afirma Anita Leocadia Prestes sobre a mãe Bruno Gutierrez 04.08.2017 Gazeta de S.Paulo
 
O texto abaixo é um ensaio de Walter Benjamin sobre a peça A mãe, de Bertold Brecht, quando da estreia da obra. A peça é uma adaptação da obra homônima de Górki. 
 
O texto abaixo integra o livro Ensaios sobre Brecht (Boitempo Editorial), que reúne ensaios de Walter Benjamin sobre a obra dramática e poética de seu amigo Bertolt Brecht, produzidos entre 1930 e 1939. Alguns desses ensaios, como o que segue abaixo, são inéditos no...
+
Um drama familiar no teatro épico Walter Benjamin (tradução: Claudia Abeling) 04.08.2017 Suplemento Pernambuco
 
LIVRO | BRECHT POR WALTER BENJAMIN
 
Os textos do filósofo alemão (1892-1940) sobre o dramaturgo e poeta (1898-1956) estão em Ensaios sobre Brecht, cuja edição tem ainda trechos do diário de Benjamin que contemplam sua correspondência com o amigo que conheceu nos anos 1920.
trad. Claudia Abeling | Boitempo | R$ 39 (152 págs.)
 
Fonte: Ilustrissíma | Folha de S.Paulo
...
+
Lançado o novo livro de Walter Benjamin, pelo editora Boitempo, e mais seis indicações culturais A redação 04.08.2017 Folha de S.Paulo
 
Acho que antes mesmo de ler a sinopse, o que me chamou atenção neste romance policial de Flávio Aguiar foi seu título. O legado de Capitu traz uma carga de significados e ideias associadas tanto ao romance de Machado de Assis quanto aos diversos outros trabalhos que vieram depois dele, que me deixou bastante curiosa — afinal, por permanecer um mistério, Capitu é uma das personagens mais emblemáticas da literatura brasileira.
 
Então, imagine a minha surpresa...
+
Confira a resenha de O legado de Capitu, de Flávio Aguiar Vitória Doretto 03.08.2017 UP! Brasil
 
Tendo em vista o compromisso ético-político e acadêmico-histórico da ABEPSS e a consonante defesa dos princípios profissionais, com a defesa da superação de todas as formas de exploração e opressões. Com o entendimento de que a questão étnico-racial não pode ser compreendida e tratada de forma desvinculada dos processos de produção e reprodução da vida social, tomamos como pressuposto que “o racismo não é apenas um problema ético, uma categoria jurídica ou um dado psicológico. O racismo é uma...
+
As cotas na pós-graduação: orientações da ABEPSS para o avanço do debate A redação 02.08.2017 Faculdade Paulista de Serviço Social
 
Em plena Guerra Fria, a União Soviética tomou a dianteira na corrida espacial ao colocar em órbita, em 1957, um satélite artificial que transportava o primeiro ser vivo a ir para o espaço: a cadelinha Laika.
 
Nesta HQ roteirizada e ilustrada por Nick Abadzis, traduzida para 12 idiomas, a história dessa pequena heroína soviética é contada em detalhes, em uma mescla magistral de realidade e ficção. A obra foi vencedora do Prêmio Eisner de 2008, o...
+
Laika, HQ vencedora do prêmio Eisner 2008, pela Boitempo Editorial Renato Lebeau 01.08.2017 Impulso HQ
 

Mulheres, cultura e política aborda ensaios sobre o empoderamento feminino, das mulheres afro-americanas, a política de saúde para as mulheres negras, reflexões sobre Winnie Mandela e Clara Zetkin, a arte e a luta contra o racismo, a fotografia e a história afro-americana.

Confira todas as indicações na revista nº4, de agosto de 2017.

...

+
Angela Davis é uma das indicações da Revista Quatro Cinco Um de agosto A redação 01.08.2017
 
Nadiejda Konstantinovna Krupskaia (1869-1939) fez, pelo menos, dois bons elogios a Igreja Católica. Os textos constam no livro A revolução das mulheres, coletânea de textos organizada por Graziela Schneider, Editora Boitempo, 2017, pp. 99 e 105. 
 
Num artigo com o título A trabalhadora e a religião (publicado em 1922, na revista A comunista), Krupskaia escreveu: “eu estudei em uma escola noturna cristã”. Depois, diz: “A Igreja Católica considera, de maneira excelente, a influência das formas da...
+
Dois elogios de Krupskaia, esposa de Lenin, à Igreja católica Luiz Francisco Fernandes de Souza 01.08.2017 Blog Luiz Francisco Fernandes
 

Escrito pela professora aposentada Vavy Pacheco Borges, Ruy Guerra: paixão escancarada expõe a carreira do cineasta moçambicano radicado no Brasil, que dirigiu clássicos do Cinema Novo como Os cafajestes e Os fuzis.

Confira mais indicações na edição número quatro da Revista 451 de agosto de 2017

...

+
Confira as indicações de agosto para os amantes de livros sobre cinema A redação 01.08.2017 Revista 451
 

A autora discute formas de convívio entre árabes e judeus e a proposta de construção de um Estado binacional em seu título Caminhos divergentes: judaicidade e crítica do sionismo.

Confira a lista completa na edição número 4 da Revista 451 de agosto de 2017.

...

+
Revista 452 indica livros sobre religião; Judith Butler está entre os destaques de agosto A redação 01.08.2017 Revista 451